Skip to main content

Bhagavad-gītā 8.1

Devanagari

अर्जुन उवाच ।
किं तद्ब्रह्म किमध्यात्मं किं कर्म पुरुषोत्तम
अधिभूतं च किं प्रोक्तमधिदैवं किमुच्यते ॥ ८.१ ॥

Texto

arjuna uvāca
kiṁ tad brahma kim adhyātmaṁ
kiṁ karma puruṣottama
adhibhūtaṁ ca kiṁ proktam
adhidaivaṁ kim ucyate

Synonyms

arjunaḥ uvāca—Arjuna disse; kim—que; tat—esse; brahma—Brahman; kim—que; adhyātmam—o eu; kim—que; karma—atividades fruitivas; puruṣa-uttama—ó Pessoa Suprema; adhibhūtam—a manifestação material; ca—e; kim—que; proktam—é chamado; adhidaivam—os semideuses; kim—que; ucyate—é chamado.

Translation

Arjuna perguntou: Ó meu Senhor, ó Pessoa Suprema, o que é o Brahman? O que é o eu? O que são as atividades fruitivas? O que é esta manifestação material? E o que são os semideuses? Por favor, explique-me isto.

Purport

Neste capítulo, o Senhor Kṛṣṇa responde a diversas perguntas formuladas por Arjuna, começando com “O que é o Brahman?” O Senhor também explica karma (atividades fruitivas), serviço devocional e os princípios da yoga, e o serviço devocional em sua forma pura. O Śrīmad-Bhāgavatam explica que a Suprema Verdade Absoluta é conhecida como Brahman, Paramātmā e Bhagavān. Além disso, a entidade viva, a alma individual, também se chama Brahman. Arjuna também pergunta sobre ātmā, que se refere ao corpo, à alma e à mente. Conforme o dicionário védico, ātmā refere-se à mente, à alma, ao corpo e também aos sentidos.

Arjuna se dirigiu ao Senhor Supremo como Puruṣottama, a Pessoa Suprema, e isto significa que ele estava apresentando estas perguntas não a um simples amigo, mas à Pessoa Suprema, sabendo ser Ele a autoridade suprema capaz de dar respostas definitivas.