Skip to main content

Bhagavad-gītā 14.5

Texto

sattvaṁ rajas tama iti
guṇāḥ prakṛti-sambhavāḥ
nibadhnanti mahā-bāho
dehe dehinam avyayam

Sinônimos

sattvam — o modo da bondade; rajaḥ — o modo da paixão; tamaḥ — o modo da ignorância; iti-assiiti-assim; guṇāḥ — as qualidades; prakṛti — natureza material; sambhavāḥ — produzidas de; nibadhnanti — condicionam; mahā-bāho — ó pessoa de braços poderosos; dehe — neste corpo; dehinam — a entidade viva; avyayam — eterna.

Tradução

A natureza material consiste em três modos — bondade, paixão e ignorância. Ao entrar em contato com a natureza, ó Arjuna de braços poderosos, a entidade viva eterna é condicionada por esses modos.

Comentário

Porque é transcendental, a entidade viva nada tem a ver com esta natureza material. Mesmo assim, por se condicionar ao mundo material, ela age sob o encanto dos três modos da natureza material. Porque as entidades vivas têm diferentes espécies de corpos proporcionados pelos diferentes aspectos da natureza, elas são induzidas a agir de acordo com esta natureza. Esta é a causa das muitas variedades de felicidade e sofrimento.