Skip to main content

Bhagavad-gītā 10.23

Devanagari

रुद्राणां शंकरश्चास्मि वित्तेशो यक्षरक्षसाम् ।
वसूनां पावकश्चास्मि मेरुः शिखरिणामहम् ॥ १०.२३ ॥

Texto

rudrāṇāṁ śaṅkaraś cāsmi
vitteśo yakṣa-rakṣasām
vasūnāṁ pāvakaś cāsmi
meruḥ śikhariṇām aham

Synonyms

rudrāṇām—de todos os Rudras; śaṅkaraḥ—o Senhor Śiva; ca—também; asmi—Eu sou; vitta-īśaḥ—o senhor do tesouro dos semideuses; yakṣa-rakṣasām—dos Yakṣas e Rākṣasas; vasūnām—dos Vasus; pāvakaḥ—o fogo; ca—também; asmi—Eu sou; meruḥ—Meru; śikhariṇām—de todas as montanhas; aham—Eu sou.

Translation

De todos os Rudras, sou o Senhor Śiva; dos Yakṣas e Rākṣasas, sou o senhor das riquezas [Kuvera]; dos Vasus, sou o fogo [Agni]; e das montanhas, sou Meru.

Purport

Há onze Rudras, dentre os quais Śaṅkara, o Senhor Śiva, é predominante. Ele é a encarnação do Senhor Supremo, que no Universo se encarrega do modo da ignorância. O líder dos Yakṣas e Rākṣasas é Kuvera, o tesoureiro-mestre dos semideuses, e ele é uma representação do Senhor Supremo. Meru é uma montanha famosa por seus ricos recursos naturais.