Skip to main content

Bhagavad-gītā 11.50

Devanagari

संजय उवाच ।
इत्यर्जुनं वासुदेवस्तथोक्त्वा
स्वकं रूपं दर्शयामास भूयः ।
आश्वासयामास च भीतमेनं
भूत्वा पुनः सौम्यवपुर्महात्मा ॥ ११.५० ॥

Texto

sañjaya uvāca
ity arjunaṁ vāsudevas tathoktvā
svakaṁ rūpaṁ darśayām āsa bhūyaḥ
āśvāsayām āsa ca bhītam enaṁ
bhūtvā punaḥ saumya-vapur mahātmā

Sinônimos

sañjayaḥ uvāca — Sañjaya disse; iti — assim; arjunam — a Arjuna; vāsudevaḥ — Kṛṣṇa; tathā — dessa maneira; uktvā — falando; svakam — Sua própria; rūpam — forma; darśayām āsa — mostrou; bhūyaḥ — de novo; āśvāsayām āsa — encorajou; ca — também; bhītam — amedrontado; enam — a ele; bhūtvā — tornando-Se; punaḥ — novamente; saumya-vapuḥ — a bela forma; mahātmā — o grandioso.

Tradução

Sañjaya disse a Dhṛtarāṣṭra: A Suprema Personalidade de Deus, Kṛṣṇa, tendo falado essas palavras a Arjuna, manifestou Sua verdadeira forma de quatro braços e por fim mostrou Sua forma de dois braços, encorajando assim o amedrontado Arjuna.

Comentário

Ao aparecer como filho de Vasudeva e Devakī, em primeiro lugar Kṛṣṇa Se mostrou como o Nārāyaṇa de quatro braços, mas quando Seus pais Lhe pediram, Ele assumiu a aparência de uma criança comum. De modo semelhante, Kṛṣṇa sabia que Arjuna não tinha interesse em ver a forma de quatro mãos, mas como ele pediu para vê-la, Kṛṣṇa voltou a mostrar-lhe esta forma e depois Se manifestou sob Sua forma de duas mãos. A palavra saumya-vapuḥ é muito significativa. Saumya-vapuḥ é uma forma belíssima, e é conhecida como a forma mais bela. Quando Kṛṣṇa estava presente, todos ficaram simplesmente atraídos à Sua forma, e por ser o diretor do Universo, Ele logo aboliu o medo de Seu devoto Arjuna e voltou a lhe mostrar Sua bela forma de Kṛṣṇa. No Brahma-saṁhitā (5.38), declara-se que premāñjana-cchurita-bhakti-vilocanena: só a pessoa cujos olhos estão untados com o unguento do amor pode ver a bela forma de Śrī Kṛṣṇa.