Skip to main content

TEXT 20

VERSO 20

Texto

Texto

tyaktvā karma-phalāsaṅgaṁ
nitya-tṛpto nirāśrayaḥ
karmaṇy abhipravṛtto ’pi
naiva kiñcit karoti saḥ
tyaktvā karma-phalāsaṅgaṁ
nitya-tṛpto nirāśrayaḥ
karmaṇy abhipravṛtto ’pi
naiva kiñcit karoti saḥ

Synonyms

Sinônimos

tyaktvā — habiendo abandonado; karma-phala-āsaṅgam — apego por resultados fruitivos; nitya — siempre; tṛptaḥ — estando satisfecho; nirāśrayaḥ — sin ningún refugio; karmaṇi — en actividad; abhipravṛttaḥ — estando plenamente dedicado; api — a pesar de; na — no; eva — ciertamente; kiñcit — cualquier cosa; karoti — hace; saḥ — él.

tyaktvā — tendo abandonado; karma-phala-āsaṅgam — apego a resultados fruitivos; nitya — sempre; tṛptaḥ — estando satisfeito; nirāśrayaḥ — sem nenhum abrigo; karmaṇi — em atividade; abhipravṛttaḥ — estando completamente ocupado; api — apesar de; na — não; eva — decerto; kiñcit — coisa alguma; karoti — faz; saḥ — ele.

Translation

Tradução

Abandonando todo apego a los resultados de sus actividades, siempre satisfecho e independiente, él no ejecuta ninguna acción fruitiva, aunque está dedicado a toda clase de actividades.

Abandonando todo o apego aos resultados de suas atividades, sempre satisfeito e independente, ele não executa nenhuma ação fruitiva, embora ocupado em vários tipos de empreendimentos.

Purport

Comentário

Esta libertad del cautiverio de las acciones resulta posible únicamente en el estado de conciencia de Kṛṣṇa, cuando uno hace todo para Kṛṣṇa. Una persona consciente de Kṛṣṇa actúa por el amor puro que le profesa a la Suprema Personalidad de Dios, y, en consecuencia, no siente atracción por los resultados de la acción. Dicha persona ni siquiera está apegada a su manutención personal, pues todo se lo deja a Kṛṣṇa, ni tampoco está ella ansiosa de conseguir cosas ni de proteger cosas que ya posee. Ella cumple con su deber lo mejor que puede, y le deja todo lo demás a Kṛṣṇa. Una persona así de desapegada siempre está libre de las reacciones resultantes de lo bueno y lo malo; es como si no estuviera haciendo nada. Ese es el signo del akarma, o de las acciones sin reacciones fruitivas. Por lo tanto, cualquier otra acción desprovista de conciencia de Kṛṣṇa ata al trabajador, y ese es el verdadero aspecto del vikarma, tal como se explicó aquí anteriormente.

Esta liberdade do cativeiro das ações só é possível na consciência de Kṛṣṇa, quando se faz tudo para satisfazer Kṛṣṇa. Quem é consciente de Kṛṣṇa age por puro amor à Suprema Personalidade de Deus, e por isso não se apega aos resultados da ação. Ele nem mesmo está preocupado com sua manutenção pessoal, pois Kṛṣṇa Se encarrega de tudo. Tampouco está ansioso por conseguir mais coisas, ou em proteger as coisas que já estão em sua posse. Ele cumpre seu dever da melhor forma que lhe é possível e deixa tudo a critério de Kṛṣṇa. Quem é assim desapegado está sempre livre dos bons ou maus efeitos das reações; é como se não estivesse fazendo nada. Isto caracteriza akarma, ou ações sem reações fruitivas. Qualquer outra ação, portanto, desprovida de consciência de Kṛṣṇa, ata o trabalhador, e este é o verdadeiro aspecto de vikarma, como anteriormente já se explicou.